Usiminas

Mineração Usiminas abre as portas para escola da comunidade

13/11/2018

Por meio do Instituto Cultural Usiminas, iniciativa proporcionou diversão e conhecimento aos participantes

Foi com muita empolgação e curiosidade que os alunos da Escola Municipal José Antônio Ferreira, da comunidade de Ponta da Serra, em Itatiaiuçu, visitaram a Mineração Usiminas (Musa) na última terça-feira, 06. Eles participaram do evento “Conhecendo a Mineração Usiminas”, um projeto desenvolvido pelo Instituto Cultural Usiminas e já realizado com empregados e seus familiares e que, pela primeira vez, foi aberto ao público externo. A iniciativa estreitou ainda mais os laços entre a empresa e a comunidade da região de atuação, firmando o compromisso da Musa de estar sempre de portas abertas para a população.

Os alunos e professores foram guiados pela atriz Raquel Vieira, que apresentou a mineração e o processo de extração e beneficiamento da matéria-prima do aço de uma maneira lúdica e divertida. A visita passou por áreas de mina, pela Instalação de Tratamento de Minério (ITM) Oeste e barragem Samambaia. Eles também participaram de uma oficina de pintura ministrada pela artista Rosane Dias, com tintas feitas à base do rejeito do minério. As crianças deixaram a imaginação fluir e registraram os melhores momentos do passeio nos quadros que levaram para casa. Eduardo Antunes, 6, pintou a pilha de minério de ferro que viu na ITM e contou que achou “o máximo ver de perto os grandes equipamentos e ver como o minério é retirado”.

“Acreditamos que as crianças de hoje farão parte futuro da Mineração Usiminas. Trazê-las para dentro da empresa reafirma nosso objetivo em manter o contato, a transparência e diálogo com as comunidades da região”, enfatizou o gerente-geral de Sustentabilidade da companhia, André Chaves.

A diretora da escola, Maria Regina Menezes, ressaltou que o passeio foi uma oportunidade das crianças aprenderem sobre o processo de mineração e, sobretudo, conhecerem mais a região em que vivem. “O que aprendemos na visita será utilizado também dentro das salas de aula. Além disso, iremos realizar uma exposição dos quadros pintados pelos alunos na Feira Literária da escola, que vai acontecer no fim de novembro”.

Para Penélope Portugal, diretora do Instituto Cultural Usiminas, a realização do projeto demonstra a responsabilidade social da Usiminas com as comunidades com as quais se relaciona. “Conceber e acompanhar essa iniciativa é colocar a arte a serviço da educação. Estamos proporcionando às famílias e às escolas a oportunidade de conhecerem, de forma lúdica e didática, o trabalho realizado pela Mineração Usiminas”.


Categorias: Notícias, Releases