Usiminas

Instituto Cultural Usiminas amplia atuação e adota novo nome

30/11/2018

Ao comemorar 25 anos, Instituto lança novo posicionamento de marca pautado na ampliação de sua atuação

 

Neste ano em que completa 25 anos, o Instituto Cultural Usiminas anuncia um novo posicionamento de marca. Com uma atuação que se ampliou ao longo dos anos, para além da cultura, agora a associação passa a se chamar: Instituto Usiminas. A alteração do nome visa dar a real dimensão do trabalho realizado hoje pela Usiminas na vertente da responsabilidade social, por meio do seu Instituto, gerando um salto de percepção do seu papel nas comunidades onde está presente.

A novidade foi anunciada em solenidade realizada na noite de quinta-feira (29), no Teatro do Centro Cultural Usiminas, com a participação da capitã da Seleção Brasileira de Ginástica Olímpica, Jéssica Maier, seguida de show da cantora Fernanda Takai. Na ocasião, o Instituto recebeu Moção de Aplauso concedida pela Câmara Municipal de Ipatinga, pelos seus 25 anos.

O reposicionamento se dá na mudança de sua logomarca e no entendimento do Instituto Usiminas como ferramenta do desenvolvimento sustentável nos municípios onde a companhia está presente. A alteração visa o fortalecimento de toda a atuação do Instituto que, além da cultura, promove e gere iniciativas ligadas ao esporte e a áreas sociais, promovendo atividades de arte-educação, esporte, educação ambiental e voluntariado, desenvolvendo um papel fundamental de relacionamento e atuação junto às comunidades. Percebe-se, portanto, que o Instituto evoluiu em suas ações e se consolidou em outras áreas, que não só a da cultura.

A diretora do Instituto Usiminas, Penélope Portugal, afirma que o reposicionamento de atuação e de marca tem o objetivo de ressaltar o trabalho mais amplo já realizado pela entidade ao longo de sua história. “Nesta data tão marcante, mudamos a marca para que nossa atuação, além da cultura, possa ser percebida de maneira mais completa pela comunidade. Nos colocamos como um Instituto onde cabem todas as linguagens e interlocuções: arte, educação, esporte, meio ambiente, cultura; arte-cultura, arte-educação, educação ambiental e apoio a projetos sociais diversos”, ressalta.

O presidente da Usiminas, Sergio Leite, destaca a importância do Instituto como uma ferramenta de responsabilidade social, postura sempre presente na história da empresa. “A Usiminas, desde sua fundação há cerca de 60 anos, sempre se empenhou em promover o desenvolvimento social nas cidades onde atua. Ao longo desses 25 anos do Instituto, a interlocução com a comunidade ganhou uma gestão profissionalizada e equipe dedicada, que tem realizado um trabalho brilhante, utilizando ferramentas transformadoras como a arte-educação e o esporte. Que sua atuação possa se ampliar cada vez mais”, pontua Leite.

Histórico

O Instituto foi criado em 1993 com o papel de atender as demandas de patrocínios e apoios à cultura da Usiminas.  Quando no Brasil o assunto “responsabilidade social” ainda era uma novidade, a Usiminas já estava à frente de seu tempo. Utilizando a arte para transformar vidas e construir caminhos, em pouco tempo a empresa se tornou uma referência nos apoios culturais. No Vale do Aço, para abrigar toda efervescência artística da região, em 1994 o Instituto Cultural Usiminas inaugurou o seu primeiro equipamento cultural, o Teatro Zélia Olguin, um marco importante na história de Ipatinga e um espaço decisivo para a formação cultural da comunidade.

Em 1998, o Vale do Aço já era considerado um dos maiores polos culturais do Estado de Minas Gerais e, para acompanhar todo esse crescimento, o Instituto consolida ainda mais a sua relação com a cidade de Ipatinga e presenteia a todos com a inauguração do Centro Cultural Usiminas, um dos maiores complexos culturais de Minas Gerais e do Brasil, que tem em sua estrutura teatro, uma galeria de arte, jardins e biblioteca. Em 2015, o espaço recebeu a certificação Herity, organização mundial para a certificação de Qualidade de Gestão do Patrimônio Cultural.  Juntos, Teatro Zélia Olguin e Centro Cultural Usiminas já receberam mais de cinco mil atrações culturais e um público de quatro milhões de pessoas.

Em 2003, o Instituto criou a sua área de Ação Educativa. O objetivo era colocar a arte a serviço da educação, contribuindo para a formação integral de famílias, crianças, jovens e professores de escolas públicas e privadas de todo o Leste Mineiro. Por meio de espetáculos, atividades de incentivo à leitura e de educação ambiental, oficinas para educadores, encontros para famílias e acesso gratuito a obras de arte, milhares de pessoas recebem uma rica bagagem de conteúdos diversos. Nestes 15 anos de atuação, mais de 440 mil pessoas já foram beneficiadas com atividades gratuitas para escolas e famílias realizadas pela Ação Educativa.

Investimentos

Desde 2007, com a regulamentação da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, do Ministério dos Esportes, projetos esportivos passaram a ser beneficiados com os investimentos da Usiminas e o Instituto incorporou a responsabilidade de aplicação e gestão desses recursos, assim como na área social. Desde a fundação do Instituto, foram investidos aproximadamente R$ 330 milhões em 2.348 projetos de cultura, esporte e social, em 44 cidades de Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Espírito Santo.

Novos programas

Em constante evolução de seus trabalhos, o Instituto lançou em 2017 novos programas voltados para a educação ambiental que possibilitaram a aproximação das empresas do Grupo Usiminas com a comunidade. Ipatinga ganhou o projeto Aventura no Viveiro, que promove um rico momento de descontração e aprendizado no Viveiro de Mudas da Usiminas, em Ipatinga.  Paralelo a essas ações nasceu também o projeto Conhecendo a Usiminas e Conhecendo a Usiminas Mecânica, em Ipatinga (MG), e o Conhecendo a Mineração Usiminas, em Itatiaiuçu (MG). A proposta é apresentar o processo de produção das indústrias de maneira lúdica, utilizando a contação de história como ferramenta, seguida de uma atividade prática de pintura. A busca por novas ações para as comunidades onde a Usiminas atua sempre foi uma marca constante no trabalho do Instituto, que se propõe com essa mudança de posicionamento permanecer em constante evolução no propósito transformar vidas em várias frentes de atuação.

Sobre a Usiminas

A Usiminas é líder no mercado brasileiro de aços planos e um dos maiores complexos siderúrgicos da América Latina. A companhia conta com unidades industriais e logísticas localizadas em seis estados do país e está presente em toda a cadeia siderúrgica – da extração do minério, passando pela produção de aço até sua transformação em produtos e bens de capital customizados para o mercado. Possui, hoje, o maior e mais inovador Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em siderurgia da América Latina. O avanço registrado pela siderúrgica nos últimos anos garante inovação, tecnologia e qualidade em todas as linhas de produção, e permite à empresa oferecer ao mercado um portfólio diversificado, com destaque para produtos e serviços de alto valor agregado. Por sua gestão ambiental, a Usiminas foi a segunda siderúrgica do mundo certificada com a ISO14001, gerando maior produtividade com menor consumo. A companhia contribui ainda para o desenvolvimento das comunidades onde atua, por meio do Instituto Usiminas e da Fundação São Francisco Xavier, oferecendo projetos nas áreas de saúde, educação, cultura, esporte e desenvolvimento social. As ações da Usiminas são negociadas nas bolsas de valores de São Paulo, Nova Iorque (ADR nível I) e Madri.


Categorias: Notícias