Usiminas

zelia

 

Em outubro de 1994, foi inaugurado o Teatro Zélia Olguin, em Ipatinga que, desde então, disponibiliza uma programação artística diversificada e de qualidade para o público do Vale do Aço, incentivando o intercâmbio artístico e a formação de grupos locais.

O nome do Teatro homenageia a bailarina pioneira na promoção de cultura da cidade, senhora Zélia Olguin. O espaço é composto por Teatro, Galeria e Área de Coquetel.

teatr-zelia

O Teatro Zélia Olguin está equipado com aparelhos de alta tecnologia cênica, iluminação, som e vídeo, podendo receber espetáculos de dança, teatro e música, inclusive orquestras de câmara e um público de 206 espectadores.

O Teatro foi palco de espetáculos da iniciativa local, além de artistas e grupos nacionalmente consagrados, como Ana Botafogo, Artur Moreira Lima, Fernanda Montenegro, Tônia Carrero, José de Abreu e Juca Chaves.

galeria-zelia

A importância histórica do Teatro Zélia Olguin para a região do Vale do Aço motivou, em 2009, a construção e inauguração de uma Galeria voltada especificamente para a produção local.

A Galeria do Teatro Zélia Olguin é um espaço particularizado de promoção, difusão, formação e informação que, desde sua inauguração, agrega a identidade dos artistas do Vale do Aço, seus trabalhos, técnicas e correntes artísticas. Isso possibilita um diálogo direto com o público da região, contribuindo para o crescimento e visibilidade da produção artística local.

coquetel-zelia

O Teatro possui uma área externa indicada para coquetéis. O espaço é aberto e possui uma cozinha anexa. Tem capacidade para 200 pessoas. O espaço foi inaugurado juntamente com o Teatro, em 1994.